Número de assistentes de voz será maior do que a população mundial até 2024



Estamos nos encaminhando para um cenário no qual logo haverá mais dispositivos conectados à internet e ativados por comandos de voz do que seres humanos na Terra. A constatação é de um relatório publicado pela Juniper Research.


Segundo o estudo, o número de dispositivos conectados capazes de receber comandos de voz dos usuários deve chegar a 8,4 bilhões em 2024. Na prática, isso significa um crescimento de 100% em comparação com os atuais 4,2 bilhões em uso no momento. Apenas a título de comparação, a população total do planeta é estimada em 7,8 bilhões de pessoas.


Carros, TVs e residências conectadas: crescimento expressivo


Os detalhes do relatório da Juniper Research podem ser conferidos no estudo “Voice Assistant Market: Player Strategies, Monetisation & Market Size 2020-2024”. A publicação revela que os dispositivos que devem puxar esse crescimento são as TVs conectadas, peças centrais no ecossistema de smart homes.


A partir delas é possível controlar diversos dispositivos residenciais, como lâmpadas ou tomadas inteligentes. A acessibilidade desses sistemas é um dos pontos mais marcantes na usabilidade, tornando-os atrativos para a maior parcela do público.


Além das TVs, os carros conectados também serão responsáveis por puxar a fila do aumento de demanda por integração com comando de voz. Nos Estados Unidos, no Japão e em países da Europa, essa já é uma realidade relativamente acessível mesmo nos modelos de entrada que chegam ao mercado.


James Moar, um dos coautores da pesquisa, destaca a importância de os fabricantes em promoverem não apenas em promoverem a venda desses dispositivos, mas também o uso. Muitos usuários não fazem ideia de que com o celular que já têm no bolso eles podem ter acesso a recursos de automação e inteligência sem gastar muito.


Brasil: números mais modestos, mais em alta


Em um comparativo direto com países desenvolvidos, não há como colocar o Brasil no mesmo patamar. Por aqui, o uso de dispositivos comandados por voz ainda é uma novidade recente por diversos fatores, o que inclui o custo de acesso da tecnologia (que diminui a cada ano) e o fato de ainda serem recentes as opções que compreendem comandos em língua portuguesa.


Alguns dos principais assistentes de voz disponíveis no mercado chegaram por aqui apenas em 2019. As vendas ao longo do ano cresceram consideravelmente, mas em termos de volume os números ainda são modestos. Os principais usos dos brasileiros incluem controle de iluminação, de ar-condicionado e execução de músicas.


A hora e a vez das casas inteligentes


Os dispositivos compatíveis com assistentes de voz são apenas o ponto de partida para as múltiplas possibilidades que as casas inteligentes oferecem. Lâmpadas inteligentes, smart plugs e câmeras de segurança hoje são acessórios com preço acessível a uma parcela maior da população, diferentemente do que acontecia no passado.


Com pouco menos de R$ 100, por exemplo, é possível ter em casa uma lâmpada inteligente, passível de ser comandada por voz a partir do seu smartphone. A tendência é que com o crescimento nas vendas de dispositivos que entendam esses comandos, os demais produtos do ecossistema de automação também passa a figurar no topo da lista dos itens mais desejados pelos consumidores.


É o caso da linha de produtos da Positivo Casa Inteligente. O portfólio da empresa inclui lâmpadas inteligentes, fitas LED, câmeras de segurança, central de alarme, sensor de movimentos, plugs e outros produtos. Eles são fáceis de serem utilizados e não requerem instalações complicadas: basta conectar, configurar e começar a usar.


Gostou deste artigo? Entre em contato conosco



Fonte: positivocasainteligente

2 visualizações